O que fazer com dinheiro rasgado, rabiscado ou danificado?

O que fazer com dinheiro rasgado, rabiscado ou danificado?

Quem nunca recebeu uma nota de dinheiro rasgado, desgastado pelo uso, rabiscado ou até mesmo colado com durex(fita adesiva)? Saiba o que fazer com dinheiro rasgado ou danificado!

É  muito comum ficarmos sem saber  o que fazer quando recebemos uma nora de dinheiro rasgada. Primeiramente, fique calmo(a)! É possível trocar por uma nota novinha! Veja como:

De acordo com o Banco Central do Brasil, essas cédulas devem ser retiradas de circulação e trocadas por novas.

Saiba a qualificação de uma cédula com valor ou sem valor para circulação:

Cédulas de dinheiro com valor e que devem ser trocadas:

  • Cédulas puídas: são consideradas cédulas puídas aquelas notas de dinheiro já gastas pelo uso. Geralmente apresentam descoloração e despigmentação.
  • Cédulas com excesso de dobras: apresentam muitas dobras (quadriculadas) na nota, deixando vestígios de marcas.
  • Cédulas rabiscadas: quando a cédula de dinheiro apresenta rabiscos ou outro caractere (desenhos, anotações, frases, carimbos etc.).
  • Cédula rasgada: apresenta-se incompleta, com metade ou mais da metade do tamanho original.
  • Cédula cortada: quando falta parte do tamanho original da nota, exemplo: sem as bordas ou outro signo monetário.
  • Cédula queimada: apresenta parte(s) parcialmente queimada(s).
  • Danificada por cupins, traças ou outros tipos de pragas: notas danificadas por insetos.
  • Cédulas danificadas por produtos químicos: apresentam imperfeiçoes na coloração causada por produtos químicos como manchas brancas, por exemplo.

Esses são os exemplos mais comuns de cédulas de dinheiro danificadas.  Uma dúvida bastante comum é pode passar durex em dinheiro? e, ainda, então, o que fazer com dinheiro faltando um pedaço? 

Caso receba notas nesses estados, poderá trocá-las em qualquer banco público (Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banco da Amazônia) e o BNB (Banco do Nordeste etc.), ou privado (Banco Santander, Banco Itaú, Banco Bradesco etc.).

De acordo com orientações do Banco Central do Brasil, essas notas poderão ser trocadas ou depositadas em qualquer banco brasileiro sem a necessidade de que tenha conta corrente ou poupança na instituição bancária.

As notas são recolhidas por esses bancos, enviadas para o Banco Central para serem destruídas e substituídas por novas cédulas de dinheiro.

Há casos em que não é possível trocar o dinheiro danificado. Confira quando o dinheiro rasgado perde o valor e o que invalida uma nota de dinheiro.

Cédulas de dinheiro sem valor (e sem possibilidade de troca):

  • Cédulas rasgada mais da metade: as chamadas cédulas mutiladas apresentam o tamanho menor que a metade da nota;
  • Cédulas cortadas e recortadas: apresentam cortes em toda a nota;
  • Cédulas muito queimadas: caso apresente muitas partes queimadas, poderá não ser aceita para troca, perdendo assim a validade.
  • Cédulas destruídas: apresentam anomalias como descoloração, desgaste excessivo e tintura avermelhada fruto de dispositivo de segurança. Essas notas de dinheiro perdem o valor de troca.

O Banco Central classifica como notas sem valor para circulação e sem possibilidade de troca os casos apresentados acima. Caso receba uma nota nessas condições, recuse-a, pois, essa não poderá ser trocada por uma válida!

Deixe sua opinião

Leia também

© 2022 - Cartão de Crédito e Conta Corrente